Compra de óculos escuros exige muito cuidado

Eles estão disponíveis em várias esquinas, feiras e lojas. Nesta época do ano, a oferta de óculos do sol aumenta devido à grande procura para se esconder dos raios solares e das altas temperaturas. No mercado formal ou clandestino, os modelos são diversos e há para todos os bolsos. No entanto, os oftalmologistas alertam: o uso do acessório sem recomendação médica pode trazer danos irreversíveis aos nossos olhos.

PERIGOS À SAÚDE

Entre os malefícios da exposição ao sol sem proteção estão o aparecimento precoce da catarata e doenças de retina, como a degeneração macular relacionada à idade (DRMI), que pode levar à cegueira. É o que adverte a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO). Os especialistas afirmam que a cada 10 graus de elevação de temperatura, o número de pacientes afetados por bactérias pode aumentar em até 17%.

A oftalmologista Raquel Castro observa que o uso desses acessórios sem recomendação médica leva a doenças oculares, ocasionadas pela falta de proteção aos raios ultravioleta (UV), que incidem continuamente nos olhos.

PIRATARIA

A especialista lembra que os óculos vendidos aleatoriamente no mercado informal, não têm um controle de qualidade. “Uma lente escura vai gerar uma dilatação da pupila. Ela acarretará uma maior quantidade de raios solares atingindo os olhos, podendo gerar alterações em algumas estruturas oculares”, explica.

A médica ressalta que a exposição excessiva aos raios ultravioleta gera também, o pterígio – formação carnosa que avança sobre a córnea- e presbiopia precoce, que é dificuldade para leitura após os 40 anos. Além dos olhos, podemos proteger com os óculos de sol a pele da região, combatendo as ruguinhas das pálpebras e evitar aquelas marcas de expressões indesejadas de tanto franzir a testa para conseguir enxergar quando exposto a sol forte.

CERTIFICADO

Os óculos de sol vendidos no Brasil apresentam um controle de qualidade e uma certificação do Instituto Nacional de Meteorologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Na hora da compra, exija certificados de garantia e de proteção UV. “No consultório, é possível verificar se os óculos têm proteções UV, através de um aparelho de rápido e de fácil manuseio”, conta Raquel Castro. Por isso, é importante retornar ao médico para avaliar as lentes.

Os óculos de sol precisam ter a proteção ultravioleta, principalmente, contra os raios UVA, UVB e UVC, que são os que mais agridem o olho humano. Existem também, as lentes de sol polarizadas que já incluem todos esses amparos aos olhos e dão maior nitidez à visão.

(Roberta Paraense)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *